quarta-feira, 2 de julho de 2008

Libertadores: Meu time

...em 2008 apresentou a melhor formação de muito tempo. Jogou magestralmente, quer essa palavra exista ou não, durante toda a competição. Soube superar êne adversidades, eliminou todos os favoritos. Goleou o Arsenal, virou contra o São Paulo no último minuto, calou o Boca e hoje enfrentou o pior dos adversários de qualquer competição: uma arbitragem omissa e injusta. Não houve LDU. Fluminense jogou contra Hector Baldassi. Pênalti ABSURDO no Washington, digno inclusive de cartão vermelho, impedimento inexistente no Cícero (que por conseqüência fez passar despercebido outro pênalti a nosso favor), cêra, cêra e mais cêra, mil porradas sem cartão. Como se não fosse o bastante o goleiro adversário, atrevido como nunca, cerou na cobrança decisiva dos pênaltis e à ele nada aconteceu.

Meu time fez a melhor campanha da história, eliminou os favoritos. Meu time, na final, fez dois gols fora de casa, jogou contra uma turma de árbitros filhos da puta, e inverteu uma vantagem como há anos ninguém nunca fez. Fluminense mereceu esse título como nunca. Nós sabemos.

Eu tenho ORGULHO DE SER TRICOLOR!!!



edit: E mais, eu pude torcer pelo MEU time até o último momento. Não precisei vestir camisa do time de ninguém; o meu foi bom o bastante pra chegar aqui. Outro ponto positivo pra mim. Vem me mostrar que seu time é capaz de fazer um terço do que o FLU fez nessa libertadores, e talvez eu te escute.

2 comentários:

Ira disse...

Infelizmente não houve justiça nessa final. Isso que dá colocar um arbítro argentino. Raça da porra.

Mesmo que o Flu não tenha conseguido o título, o time foi guerreiro até o último instante. Lutou, reverteu resultado, brigou... mas existe o time de arbitragem, né? O que é um time guerreiro perto de um juiz ladrão, que deve ter comemorado junto com o LDU?

O que me dá raiva, é que invés de todo mundo se unir pra torcer pelo país, nãããããããão, tem sempre um pobre de espírito que vai torcer contra. Pelo menos NISTO, nós temos que aprender com os equatorianos.

Fiquei triste, claro, mas fiquei orgulhosa do nosso tricolor!

Jagodes disse...

perdendo ou ganhando tem que ter orgulho mesmo.

não acho que exista o que a ira disse, "todo mundo devia se unir pelo país", pq não é bem isso que rola..
não vejo nenhum tricolor torcendo pelo flamengo, nenhum flamenguista torcendo pro vasco e nenhum vascaíno torcendo pro são paulo.
anyway, achei sacanagem o penalti, mas fazer o que, não é a primira e nem vai ser a última vez que isso vai acontecer.. move on, né?