terça-feira, 28 de abril de 2009

Teste de elenco.

O fato de eu ter ficado pelo menos uns quinze minutos tentando me lembrar a palavra em português para "overcome" me fez perder todo o raciocínio. Na verdade eu perdi o raciocínio quando ouvi o barulho das correntes se arrastando no chão... eu vi a moça fechando o último cadeado e ao seguir a corrente menor e mais delicada fui parar nos seus pés. Não vou dizer que reconheci seus pés; reconheci foi seu jeito único de tirar o cigarro da boca. Eu estava tão despreparada pra você que vi seu rosto mas não consegui entender direito seus traços. Deve ser por isso que você me pareceu diferente, mas não é você... eu estou, o mundo está, mas você ainda tira o cigarro da boca do mesmo jeito.

5 comentários:

Roberto Ney disse...

Fico feliz que tenha gostado.
A recíproca é verdadeira...
Seja sempre bem vinda, ok!
já estou seguindo para acompanhar as atualizações.
grande abraço!
(:

PR disse...

esse teu texto tem os traços de um conto bem rústico. parabéns.
^^
abraço!

W. Fernandes disse...

Olá!!
Nossa, fiquei atônito também. Descobri que não sabia o que significa "overcome", nem em inglês nem em portugês, e o dicionário inglês-inglês não ajudou.
Deve ser horrível perder a memória, saber que algo existe mas não saber do porque.
Ou como no seu texto, reconhecer o gesto, mas estranhar o rosto. Muito bom seu texto também.
Obrigado pelo elogio no meu blog!
Estou meio estranho por que estava assistindo jogo do Corinthians e bebendo sake, é de matar qualquer cristão!
Bju e o blog está add entre os que acompanho!
E legal ter contato com artistas, parábens pela escolha!

Prix disse...

"eu estou, o mundo está, mas você ainda tira o cigarro da boca do mesmo jeito."

É, como vc disse...há controvérsias.. certas coisas não mudam, até podem mudar mas não mudam...
Até!
=]

Ah! Gostei de saber que tu faz Comédia em Pé! ^^

Raquel disse...

Parada, sem saber a palavra certa.